Destaques

CAU/BR lança livro “Comentários ao Código de Ética e Disciplina”

Edição foi distribuída a conselheiros do CAU/BR e presidentes dos CAU/UF

 

O autor João Honorio de Mello Filho e o presidente do CAU/BR, Luciano Guimarães

 

O livro “Comentários ao Código de Ética e Disciplina”, que traz esclarecimentos e observações sobre as normas que
orientam o comportamento ético dos arquitetos e urbanistas, foi lançado na 24ª Reunião Plenária Ampliada do CAU/BR, realizada no dia 23 de fevereiro em Brasília, com a presença dos conselheiros federais e presidentes dos CAU/UF. Na ocasião o autor João Honório de Mello Filho apresentou a publicação, fornecendo contexto histórico e conceitual para os princípios, regras e orientações que devem ser observados pelos profissionais da área.

 

Clique aqui para baixar o livro “Comentários ao Código de Ética e Disciplina”

 

“Todos os códigos de ética, de todas as profissões, têm como objetivo a proteção da coletividade pública e dos ditos
clientes. Em nenhum momento da história da nossa profissao os colegas que nos precederam deixaram de observar a
moralidade. As condutas normalmente esperadas provinham de certezas e esperanças enraizadas na própria dinâmica da nossa cultura”, afirmou João. “O Código de Ética não criou a moralidade, ela já estava em nossa cultura. O Código apenas fixa coisas que, em geral, já sabemos”.

 

João lembrou, por exemplo, que em 1964 o Conselho Superior do IAB editou as Normas de Conduta Profissional do Arquiteto, já com sérias punições quanto a condutas hoje denominadas sob o eufemismo “reserva técnica”. Ele destacou que a profissão de arquiteto e urbanista é liberal e, por isso, essencialmente intelectual, em que preponderam decisões, feitos, ações, responsabilidades de caráter mental, espiritual. “Outro aspecto de alta relevância é que a contratação para a prestação de serviços de profissionais liberais sempre presume que a relação seja de estrita confiança, de caráter personalíssimo”, disse.

 

A publicação é dirigida aos profissionais de Arquitetura e Urbanismo, estudantes e à coletividade pública em geral. Produzidos na forma de observações e ponderações, seus apontamentos representam contribuições de variada utilidade para o entendimento da prática profissional e de sua relação com a sociedade. “Trata-se de um livro muito importante para a compreensão da questão ética no Conselho”, afirmou o presidente do CAU/BR, Luciano Guimarães.

 

O autor João Honorio de Mello Filho é arquiteto e urbanista, com larga experiência em projetos educacionais e habitacionais e na redação de textos ténicos normativos, como as normas técnicas originais da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) para projetos de edificações (NBR-15531 e NBR-15532). Foi Secretário Geral da Direção Nacional do IAB e diversas vezes membro do seu Conselho Superior; secretário e Presidente do Conselho Internacional dos Arquitectos de Língua Portuguesa (CIALP); membro e consultor de comissões julgadoras de concursos de arquitetura; e membro convidado do Working Programme UIA-UNESCO, Educational and Cultural Spaces (hoje inativa), que reúne arquitetos de vários países. Foi consultor da Comissão de Ética e Disciplina do CAU/BR na construção do texto final do Código de Ética dos arquitetos e urbanistas.

 

Fonte: CAU/BR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

OUTRAS NOTÍCIAS

Destaques

COMUNICADO

Destaques

NOTA OFICIAL SOBRE A PLATAFORMA PARA OS AMBULANTES NO CIRCUITO BARRA-ONDINA

Destaques

CARNAVAL 2024 | CAU/BA ENCERRA HOJE A FISCALIZAÇÃO IN LOCO EM ESTRUTURAS MONTADAS PARA O CARNAVAL DE SALVADOR

Pular para o conteúdo